DESTAQUE

Siga nas Redes Sociais:

AUTISMO E O SONO


DORMIR BEM SEMPRE FOI FUNDAMENTAL

Autismo e o sono
Uma boa noite de sono, significa uma vida com mais qualidade.

      Dormir para mim sempre foi primordial!
     Não que eu precisasse dormir muito, mas sempre tive a necessidade de dormir bem!
     Antes de ter Pedro Henrique costumava dormir uma média de seis horas, as vezes menos, e isto bastava!
     Não que eu gostasse de baladas, mas sempre fui fã de estudar e trabalhar altas horas da noite!  Sou do tipo notívaga, esta foi minha vida até ele chegar...

Como assim? Mãe não pode dormir?

      Quando Pedro Henrique nasceu minha vida virou de ponta a cabeça, pois ele quando bebê chorava muito; mamava várias vezes por dia, mas por pouco tempo;  e tinha muita cólica.
      Com este quadro, houve um período que eu entrava em pânico com a ideia de dormir, e virava um dia no outro, pois ficava em pânico de acordar com ele berrando!  Foi um verdadeiro suplício.
      Sempre me diziam que a medida que ele fosse crescendo a coisa iria melhorar, e eu inocente acreditei!

Autismo e Sono Conturbado

          Por muito tempo achei que só meu filho tinha problemas com o sono.  Ficava me perguntando o que estava errado, e porque o sono dele era de qualidade tão ruim...
          Porém descobri que entre 40 a 80%  das crianças afetadas pelo autismo tem dificuldade com o sono.
           Ou seja, por falta de informação eu olhei na direção errada, e isso acabou gerando ansiedade, e agravou ainda mais a situação de sono de meu pequeno.
           Alguns fatores que podem contribuir para o má qualidade de sono são:
  • Dificuldade de adormecer,
  • Rotinas de sono inconstantes,
  • Agitação ou má qualidade de sono,
  • Cólicas ou gazes devido a problemas de intolerância alimentar.

E Tem Solução?

        Nesta vida sempre exitem soluções para questões que achamos problemáticas.  Para a questão do sono conturbado também.
        Uma saída profissional é procurar orientação com médicos especialistas em sono, para que seja feita uma analise detalhada do que está acontecendo com seu filho.
         Pode também verificar com o pediatra a possibilidade de utilizar a MELATONINA, que é um suplemento que auxilia a dormir.
         Existem algumas medidas simples podem ajudar nesta tarefa, que muitas vezes se compara a um dos doze trabalhos de Hércules, alguns eu tentei e funcionaram, outros nem tanto.  Porém  "Desistir nunca, render-se jamais!"
  • Desligar a TV e todos o aparelhos eletrônicos antes de dormir;
  • Ler para seu pequeno;
  • Um banho relaxante;
  • Evitar doces, cafeína, chocolates e refrigerantes à noite.
        O importante é não desistir e buscar sempre uma nova maneira de fazer com que nossos pequenos levadinhos tenham uma abençoada noite de sono.  Afinal se eles dormem bem, nós também!
        Por isso, vamos que vamos e bons sonhos!

Comentários