DESTAQUE

Siga nas Redes Sociais:

CONHECIMENTO MUDA TUDO!



QUANTO MAIS SABEMOS, MELHOR PODEMOS AJUDAR!

Conhecimento muda tudo
Conhecimento é necessário! Quanto mais aprendemos, mais possibilidade temos de encontrar opções que melhorem a vida para os portadores de autismo e de suas famílias

   Conhecimento sempre dá poder aquele que o adquire.
    Mas quando esta verdade diz respeito a  pais e cuidadores de pessoas portadoras de necessidades especiais, o objetivo deste poder muda totalmente de foco!
      Neste caso falamos de pessoas que buscam o poder de mudar a vida de seus entes queridos, possibilitando a eles, uma vida de qualidade, onde sejam vistos e respeitados como cidadãos.

Não Existe Manual, Só A Busca Constante!

      Nossa missão é preparar estas pessoas para que alcancem o máximo de independência  e possam viver em sociedade, mesmo quando já não estivermos a seu lado, e tenham que seguir seu caminho sem nós.
     E para que sejamos bem sucedidos, é vital a busca incessante pelo conhecimento.
     Esta busca deve englobar conhecimento profissional, acadêmico e prático.
  •  atentar para conselhos de terapeutas;
  • pesquisar na web;
  • investir tempo em leitura
  •  assistir documentários e filmes sobre o tema;
  •  também conversar com outras famílias, buscando sempre compartilhar experiências.
      Entendendo que  cada pessoa é única e cada família tem seu próprio ritmo.  E é através do aprendizado que poderemos adquirir um  olhar maduro e sensível para identificar o que se aplica a nossa vida.

Praticando o Conhecimento

      Aprender sobre o autismo e como afeta o indivíduo é indispensável... Mas devemos atentar para meios de como lidar com problemas comportamentais...
     Não existe um manual com respostas prontas,  mas a medida que adquirimos conhecimento, conseguimos  vislumbrar,  de modo mais claro as possibilidade que temos a mão para vencer cada desafio que se apresenta, neste universo do autismo.

Viver E Aprender, Para Viver Melhor

       No início, por não saber sobre questões como: sensibilidade alterada, dificuldade com o equilíbrio, distúrbio do sono, e tantas outra pequenas informações, tornei a vida de meu filho bem difícil.
        Eu não tinha ideia sobre estas dificuldades, porque eu não vivia isto pessoalmente.
        Com o aprendizado tive a oportunidade de rever conceitos que melhoraram nossa vida em família e isto foi muito bom.
       Pequenas coisas como:  lavar e pentear os cabelos, escovar dentes, cortar unhas, dar orientações mais específicas e menos complexas...
        Aprendi que no cotidiano as coisas podem ser muito difíceis quando deixamos de olhar sob o prisma do transtorno.
      É indispensável uma adaptação.  E somente com o aprendizado constante termos condições de alcançar.


fonte: http://autismo.institutopensi.org.br

Comentários